Pesquise nossas coleções

    Anacê

    Dalai Beachwear

    Cristiano Rodriguez

    Tendências de Outono Inverno 21 para você não pisar na bola

    Os sapatos não servem apenas para cobrir ou proteger os pés. Eles representam um estado de espírito, desejos, personalidades e sonhos femininos. A importância deste acessório é descrita até mesmo em contos de fadas. Quem se lembra de como um par de sapatos foi capaz de mudar a vida de Cinderela?

    Criados na Pré- História com o objetivo de proteção, o sapato começou a ganhar status de diferenciador social através da História em Civilizações Egípcias, Gregas e Romanas. E, pode acreditar, o salto alto foi criado para os homens. Entre os séculos XVI- XVIII, os saltos eram objetos exclusivamente masculinos, um símbolo de ostentação e riqueza da Nobreza, que foi abolido com a Revolução Francesa.

    Alguns fatos contam que foram “alguns” maridos que projetaram os sapatos de salto (não tecnicamente, mas conduziram a idéia) como forma de dificultar o deslocamento de suas esposas e assim, ter maior controle dos “seus passos”... (Jacobbi, 2009; Sassateli, 2007; Schor; Holt, 2000); A fonte está aí, para provar que eu não estou mentindo.

    Mas porque o sapato é um acessório que ocupa lugar de tamanho poder, mesmo quando não nos referimos ao essencial, que seria a proteção de nossos pés, que são a base de nosso corpo?

    De acordo com os Arquétipos da Psicanálise, o pé é um símbolo fálico (sexual) e sob este aspecto, os sapatos têm uma conotação erótica. Além do mais, os sapatos para as mulheres representam acessório associado à vaidade, à feminilidade, à moda e à atração sensual, daí a sua ligação com o Feminino. Imagine então quando o sapato tem um salto alto. ( E uma sola vermelha – Louboutin que o diga).

    A imagem do salto alto está carregada de simbolismo. É um modelo de sapato que, simultaneamente e ironicamente, representa sexo e poder, mas também a opressão feminina.

    Ao mesmo tempo que deixa a mulher se sentindo mais poderosa, mais confiante, mais sexy, mais feminina e MAIS ALTA, ele pode deixá-la desconfortável e com dor física. Mas é inegável que um salto alto tem o poder de valorizar uma roupa para um evento especial, mesmo que alguns estudos mostrem que o seu uso venha caindo desde 2010 com a busca pelo conforto. Em ambientes de trabalho mais formais, saltos menos altos, bicos mais quadrados e alguns modelos com saltos mais grossos ou na altura 5 ou 7 cm começaram a se tornar uma possibilidade não menos elegante.

    Mas vamos direto ao que interessa. Com aquela receitinha de tudo um pouco, mixando o lúdico, o retrô, o sexy, o “JÁ TE VI”, o John Wayne com o Jack Sparrow, a gata de todas as botas com a bailarina... Bicos quadrados trazendo conforto para o dia, Bicos finos trazendo alongamento, modernidade e sensualidade para a noite! Com salto, sem salto, o poder de escolher usar aquilo que você realmente gosta, o número de opções é infinito.

    E qual será o modelo que escolheremos para enfrentar os dias de nossas vidas com muito equilíbrio? Todos! Melhor resposta para uma pergunta como esta, não é verdade?.... E vamos lá, Só no sapatinho!

    Botas de cowboy estão chegando à cidade e não apenas acompanhadas por jeans; A Louis Vuitton apostou em looks com vestido tipo chemise ou saias volumosas.

    Sabe aquele look de calça para dentro da bota? Esquece o Pirata da perna de pau! Virginie Viard, AKA Chanel, olhou para o passado e trouxe estas botas de salto médio para roubar todos os olhares e combinar com ternos, calças com fendas laterais e shorts.

    Como uma Segunda pele, elas voltam nos mais diversos shapes e materiais (neoprene, crochê, couro). O modelo que mais chamou a atenção nas coleções: Bico quadrado, salto alto, usado por baixo de um par de jeans. Dobre as barras para mostrar sua bota!

    Must have de toda coleção, ele quebra o vestido mais romântico, deixa o retrô com uma cara bem menos careta e vai bem com o jeans e com o vestido de seda. De cano alto ou curto, escolha um para chamar de seu.
    Um casaco de pele falsa, bem fofinho, para combinar com o volume da sola de borracha das botas; Confortável e estiloso! As botas com solado de borrac a pedem peças “Statement”, aquelas que chamam uma certa atenção, para formar uma dupla equilibrada e estilosa.
    Botas de chuva de borracha coloridas são usadas com saias de comprimento médio e jaquetas volumosas. Pode até faltar o guarda-chuva mas ela... Never!!
    Eles voltam, se é que um dia se foram... Sapatos com estilos masculinos. Chloé os combinou com saias e vestidos de comprimento médio. E adicionou meias, assim como Gucci. Do Oxford aos modelos de amarrar, use com uma peça bem feminina e atraia todos os olhares.
    Elas voltaram em várias versões, mas Saint Laurent não poderia deixar o vinil como material principal de sua coleção. Over The Knees, trazem sensualidade e devem ser usadas na medida certa, literalmente. A dica? Com uma saia afunilada, dona de uma fenda lateral, como na foto!
    Quase um chinelo... para você ir ao baile, ou ficar em casa, bebericando um drink... Did you get it?
    De acordo com Maria Grazia Chiuri, eles devem ser usados com meias arrastão... Acho chique, e você? Um de cada cor, per piacere!
    A evolução dos sapatos de bailarina de acordo com J.W. Anderson: um mini salto gatinho com uma tirinha delicada. Uma edição mais altinha e ainda romântica, adequada também para a noite, para completar um vestido de comprimento médio... Para quem desistiu dos saltos ornamentais!
    POR CRIS GALOTTI