Pesquise nossas coleções

    Misci

    Egrey

    Freiheit

    Marcelo Zantti

     

    A MARCELO ZANTTI é o neo-brand, do seguimento Slow-Fashion, que nasce com propósito de expressar um lifestyle contemporâneo e sofisticado, com DNA minimalista e doses de drama, que dialoga com o casual, sendo capaz de se conectar com mulheres ao redor do mundo.

    Nascido em Salvador, filho de mãe baiana e pai capixaba, o estilista, de 36 anos, viveu sua infância entre os dois estados. Aos 4 anos já demonstrava veia artística, mas nunca teve contato ou qualquer referência com a moda até seus 14 anos. Pela televisão, viu o saudoso estilista Clodovil Hernandez esboçar um croqui. Instantaneamente se apaixonou!

    “Imagine um menino, vivendo no interior da Bahia, na década de 90, sonhando em ser estilista. Eu nem sabia o nome exato que se dava ao ofício, que existia faculdade e muito menos que isso poderia ser uma profissão.”

    Zantti, como é conhecido, muda-se para São Paulo aos 17 anos, ingressa na universidade, mas nunca se formou. Aos 20, se estabelece em Salvador, surgem seus primeiros trabalhos com figurinos para bandas de Axé. Aos 22, em uma viagem para visitar seu pai, ele conhece Vitória, onde decidiu ficar por ser um grande polo industrial de confecção. Já estabelecido, teve seu primeiro contato com a indústria, passando por diversas empresas de pequeno, médio e grande porte. Em 2015, inaugura seu atelier de peças sob medida na Praia do canto, o bairro mais charmoso de Vitória.

    O estilista já assinou coleções e desfiles de marcas com abrangência em território nacional, como VIDEBULA, MISSBELLA E EXATTA, além de desfiles solos e collabs. Recebeu, por 4 edições, o Prêmio de melhor estilista capixaba, por suas apresentações na semana de moda estadual. Já teve seu trabalho exposto de forma espontânea em canais de comunicação como Elle Brasil e Vogue Brasil, além de ter muitos de seus styles vendidos para clientes e influencers nos E.U.A., Itália, França e Inglaterra.

    Após 15 anos, entre indústrias e atelier, o fundador e diretor criativo, MARCELO ZANTTI, sentiu a necessidade de fundir esses dois universos, tão próximos e tão distantes, em uma etiqueta onde os elementos do Couture dialogassem com o casualstyle, preservando sua identidade e sobretudo, valorizando o design nacional e toda a cadeia produtiva.

    A MARCELO ZANTTI é focada no ser humano, e entende que todo o processo tem valor e todas as mãos que trabalham para dar vida a isso, merecem ser valorizadas e respeitadas. “Somos uma marca 100% humanizada, handmade e feita em ateliers tradicionais locais. Quero preservar essa manufatura cuidadosa e lenta, e, se possível, oferecer às novas gerações, a possiblidade de um futuro melhor me utilizando desse ofício que tanto amo.”

    Auto denominada uma marca de STREET-COUTURE, a MARCELO ZANTTI acredita que o primor na construção de suas peças, aliado ao senso estético apurado, sejam seus maiores atributos. 

    “Somos uma marca inspirada em mulheres fortes, que enxergam na moda uma forma de se mostrar ao mundo e muda-lo, expressando todo seu poder e confiança.” (Marcelo Zantti) 

     

    O ponto de partida para o desenvolvimento dessa coleção se dá na investigação de modelagens, recortes e volumes, que, aliadas ao conceito estético e filosófico do MINIMALISMO, tem todos os seus excessos traduzidos em imagens simplistas, sofisticadas e gráficas.

    Uma estética denominada “ THE MINIMAL EFFECT “ foi criada à partir de shapes estruturados, intercessões, assimetrias e toques dramáticos. A arquitetura e o lifestyle urbano, assim como as décadas de 80 e 90 são fontes de inspiração recorrentes para o designer e estão presentes na construção dessa imagem.

    Algumas peças da coleção permitem possibilidades AGENDER, o que leva à democratização e maior vida útil de um produto.

    A rusticidade do puro linho, o conforto do algodão egípcio e o toque suave da seda, dão o tom orgânico à coleção, permitindo um diálogo contrastante de possibilidades na construção de shapes que se complementam com bases viscoses, rayon e poliéster.

    A cartela de cores é protagonizada por tons neutros como cinzas, beges, off-white, marinho e preto, pontuada com tons lavados de Azul Hortência, Coral Neon, e enérgicos como Rosa Shocking, Vermelho, Laranja e Verde.   

    Sem Season definida, a proposta da COLLECTION #1é ser atemporal e manter-se atualizada com as coleções posteriores, sempre no intuito de simplificar, agregar e trazer o frescor de uma neo-brand para o closet das mulheres que se identificam com a marca.